Seca mata gado e afeta lavouras no Rio Grande do Norte

A falta de água este ano já afeta o homem do campo no Rio Grande do Norte que não tem o recurso natural para o seu consumo e nem tão pouco para os animais.

Com a falta de pasto os animais acabam morrendo de sede e de fome, já que muitos dos produtores não tem como pagar a alimentação suplementar vendida nos ármazens. Já é possível perceber nos acostamentos das pistas do território potiguar várias cabeças de gado mortas.

Já os produtores que suportam a estiagem, tem uma queda na produção de leite que precisam também do pasto para complementar a alimentação dada dos ármazens.

Em alguns municípios já foram inclusive decretado estado de emergência onde a Governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini já discutiu o assunto em Brasília e busca convênios para sanar o problema.

Alguns gestores municipais já estão mandando carros pipas para as comunidades rurais mais distantes  que não tem poços artesianos na comunidade.

A situação é preocupante!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias