Os ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento), Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Cidadania) foram escolhidos pelo presidente Jair Bolsonaro para “desdobrar” o novo auxílio emergencial para a população.

De acordo com o presidente, o benefício está sendo negociado com os três, que são considerados fortes pilares da gestão de Bolsonaro.

Marinho, que tem se tornado cada vez mais fundamental no governo, se firma no núcleo principal da presidência e pode ser um dos responsáveis por conseguir trazer de volta o benefício para a população.

Com grande popularidade no Nordeste, uma das regiões mais carentes do país, Rogério tende a consolidar seu carinho e conquistar cada vez mais apoiadores na região, que era predominantemente petista em anos anteriores.

Na saída do Planalto nesta terça-feira (9), Bolsonaro já deixou claro quem vai conseguir livrar o Brasil das dificuldades em que foi colocado por gestões anteriores.

“Quem vai tirar o Brasil da situação que se encontra somos todos nós aqui; vamos buscando cada vez mais soluções e atenuar a vida difícil que se encontra grande parte dos brasileiros”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *