Rock in Rio: frases contra Temer no palco e no público

Os 2 primeiros dias do Rock in Rio tiveram manifestações de artistas contra políticas do governo de Michel Temer e do público contra o presidente. A Cidade do Rock foi aberta ao público na 6ª (15.set).

Logo no discurso de abertura do festival, no palco principal, feito pela modelo Gisele Bündchen, a plateia se manifestou com gritos de “fora, Temer”.

top model falou sobre o consumo sustentável dos recursos do planeta. Gisele havia sido uma das personalidades que publicou críticas à decisão de regulamentar a mineração na Renca (Reserva Nacional do Cobre e Associados) em suas redes sociais. A reserva fica na Amazônia, entre Para e Amapá, e estava vedada para a extração mineral desde a década de 1980.

Na tarde deste sábado (16.set.), integrantes da banda Blitz também fizeram 1 discurso em defesa da Amazônia. Usando adereços indígenas, o vocalista, Evandro Mesquita, criticou a política do país para a floresta:

“A Amazônia está seriamente ameaçada por políticos corruptos, mineradores, pecuaristas, e estão conseguindo diminuir as áreas indígenas e os parques por cobiça. O governo Temer quer salvar o pescoço. Sou guardião da Amazônia. Levantem as mãos aí que nossa resistência será forte, firme, por um Brasil melhor, pelas áreas indígenas, pelas demarcações de área, é isso aí”.

O público também respondeu com gritos de “fora, Temer”. A manifestação contrária ao presidente também foi ouvida nos shows de Elza Soares e do Skank.

4 respostas

  1. Quem roubou mais, o PT de Lula e companhia ou o PMDB de Temer e companhia? Empataram!!! Então por que o poderoso lobby liderado por Paula Lavigne que influencia fortemente a classe artística nunca gritaram fora Dilma, fora PT???

  2. Durante a era PT, a panelinha de Paula Lavigne mandava e desmandava no Ministério da Cultura. Deitaram e rolaram na Lei Rouanet.

  3. O clube presidido por Paula Lavigne, ex ‘mulher’ de Caetano Veloso, tem grande poder de influência nas escolhas da músicas das trilhas sonoras de filmes e novelas.
    “ondes queres revolver, sou coqueiro”, canta Caetano na abertura da novela A Força do Querer. Alguém entendeu???

    No carnaval da Bahia, Paulinha e sua gang, chega a ser uma ditadura. Os principais patrocinadores da folia baiana consultam, principalmente, Paula Lavigne. Quem não for da panelinha da ‘família’, tocará na baixa da égua, lá em Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias

Vilton Cunha viaja para Brasília

O prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, que é presidente da Associação dos Municípios da Micro Região Seridó Oriental (AMSO), já está em Brasília. Vilton

Leia Mais