RN reage e fica em segundo lugar no leilão de energia

Em uma virada surpreendente, o RN chega ao final de 2013 em situação bem mais confortável do que há poucos dias, quando fracassou no leilão A-3. No último leilão deste ano, o A-5, o estado teve segunda melhor performance já obtida. No total, 25 parques foram contratados, o que representa cerca de 25% do total negociado em todo o país. Dos 687 empreendimentos negociados, 539 eram de energia eólica. Ao todo foram habilitados 21.13 GW.

Em números absolutos, o leilão contratou 1.599,5 MW médios de energia, sendo 2,338 GW de fonte eólica, representando 97 parques eólicos. Nesta sexta-feira (13) também tivemos um leilão de quatro lotes de linhas de transmissão, a serem construídas nos estados de MG, MA,PI, RO e CE. A Taesa foi a vencedora para construir a LT mineira e o Consórcio Transmissão de Energia Brasil ficou com as linhas no Norte e no Nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias