Rio Grande do Norte é parceiro do Projeto Todos pela Saúde

O Governo do Rio Grande do Norte vem, desde maio, desenvolvendo um conjunto de ações em cooperação com o Projeto Todos pela Saúde, financiado pelo banco Itaú e com apoio técnico do Hospital Sírio-Libanês. A iniciativa visa a mitigar os efeitos da pandemia da Covid-19 por meio de ações suplementares, estratégicas e coordenadas em quatro eixos principais: informar, proteger, cuidar e retomar.

Por meio do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) tem mantido contato sistemático com a equipe regional de especialistas do Todos pela Saúde, que auxilia as ações de enfrentamento à pandemia no RN. Com o objetivo de capacitar as equipes e melhorar os procedimentos gerenciais foram instituídos Gabinetes de Crise em unidades regionais de referência no tratamento da Covid-19.

“A disseminação de práticas inovadoras e o esforço de organização dos fluxos de trabalho têm sido não apenas uma contrapartida do Rio Grande do Norte para o recebimento dos recursos materiais e capacitações do projeto, mas sobretudo têm contribuído para o gerenciamento dos processos críticos, aproximando a gestão hospitalar ao nível central da Sesap e qualificando a tomada de decisões”, explicou o secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia.

Nessa perspectiva, foram ofertadas tutorias (à distância) em gestão de processos na metodologia LEAN, visando ao aperfeiçoamento da resposta hospitalar e à consequente melhoria dos serviços prestados, com resultados já percebidos em unidades como o Hospital Giselda Trigueiro (7ª Região de Saúde) e o Hospital Regional do Seridó – Telecila Freitas Fontes (4ª Região de Saúde).

O projeto disponibilizou, ainda, um aplicativo para as unidades participantes que permite o monitoramento de indicadores em tempo real, contemplando cinco dimensões. A primeira se refere aos espaços – ocupação dos leitos e fluxos de entrada e saída, a segunda diz respeito a equipamentos – disponibilidade de itens críticos como ventiladores pulmonares e bombas de infusão, a terceira corresponde a EPIs e insumos – acompanhamento dos estoques, a quarta está relacionada à ocupação do quadro de profissionais e a quinta contempla os medicamentos – situação dos estoques.

Até o momento o Projeto Todos Pela Saúde forneceu ao Rio Grande do Norte Equipamentos de proteção individual (EPIs), os quais foram distribuídos em todo o estado pela Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), totalizando 25.800 aventais, 3.600 máscaras N95, 522 máscaras faceshield, 109.000 máscaras cirúrgicas, 17.200 luvas, 4.358 gorros e 1.960 óculos de proteção.

No que diz respeito a respiradores pulmonares, item crítico no atual contexto pandêmico, duas remessas foram recebidas: a primeira no dia 10 de junho com 10 unidades e a segunda no último dia 7, com mais 15 equipamentos, totalizando 25 – os quais representam um reforço importante para a expansão da rede de assistência Covid-19 nas diversas regiões de saúde do estado.

Além disso, estão em execução capacitações em gestão do cuidado, buscando atender os profissionais (principalmente equipes de enfermagem) recém-chegados ao serviço assistencial, com foco em: utilização de EPIs, manejo clínico e de equipamentos, cuidado multiprofissional para diminuição de fatores de risco, regulação interna (funcionamento dos Núcleos Internos de Regulação) e alta compartilhada multiprofissional, considerando a relação dos hospitais com outros serviços de saúde e rede intersetorial.

Cipriano reforça ainda que a parceria tem viabiliza a abertura e manutenção de leitos. “Tendo contribuído para qualificar os serviços da rede de atenção à saúde e assistência em Covid-19, potencializando as ações empreendidas pelo Governo do Estado”, ressaltou.

O projeto tem duração prevista de 3 meses e poderá ser estendido até o final do ano. Outras informações estão disponíveis em portalcovid19.saude.rn.gov.br e no endereço www.todospelasaude.org.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias

Sem condições de trabalho

Os profissionais de saúde querem do governo de Fátima Bezerra condições minímas de trabalho. Os que trabalham no anexo do Hospital Walfredo Gurgel que fica

Leia Mais