Reforma ministerial de Dilma depende de Janot

Apesar da pressão que foi reforçada na reunião de coordenação política, que aconteceu na noite deste domingo no Palácio da Alvorada, contando com a participação de 13 ministros, os lideres do governo na Câmara e no Senado, a presidente Dilma Rousseff vai aguardar a nova lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, desta vez com os políticos denunciados da Operação Lava Jato, para deflagrar uma nova reforma ministerial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias