Redes hoteleiras famosas no mundo irão inaugurar hotéis em Natal e Pipa

https://all.accor.com/B7H7

O RN será destino de novos investimentos hoteleiros. A previsão é que Natal ganhe uma unidade do Hard Rock Hotel em 2024 e Pipa, um MGallery da Accor, ainda no segundo semestre deste ano.

Em 2022, começam a abrir hotéis da marca Hard Rock no Brasil, com as unidades de São Paulo e de Fortaleza (na Praia de Lagoinha) e a primeira fase do resort na Ilha de Sol, no Paraná. Depois, vêm Recife e Natal (2024), Foz do Iguaçu (2025), Campos do Jordão (2027) e Jericoacoara (2028).

Os hotéis terão aproximadamente 4.000 quartos e as propriedades hoteleiras serão desenvolvidas pela incorporadora imobiliária brasileira VCI S.A. e administradas pela marca Hard Rock Hotel.

“Acreditamos na retomada gradual da economia já a partir deste ano e do turismo, que começará a aparecer melhor no início de 2022”, afirma Samuel Sicchierolli, presidente da VCI SA, incorporadora à frente de oito empreendimentos no Brasil em parceria com a Hard Rock International.

Já a Accor prevê entre 25 e 30 novos hotéis na América do Sul; entre eles, o MGallery Pipa, hotel-boutique no destino do Rio Grande do Norte, previsto para o segundo semestre de 2021.  “Vemos uma recuperação do setor começando pelo segmento doméstico de lazer, pois o desejo das pessoas em conhecer e usufruir a cultura local vem aumentando cada vez mais, estimulando o turismo interno e também viagens de carro a destinos próximos a praias e natureza”, diz Abel Castro, vice-presidente sênior de Desenvolvimento de Novos Negócios da Accor na América do Sul.

BG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Inútil

A deputada federal petista Natália “Barulhenta” Bonavides  é especialista em mostrar os dentes e instrumentalizar a bandidagem do MST. Na banca da federal ocupa sem

Leia Mais

2 x 1 – Gilmar vota contra HC

Gilmar Mendes acompanhou Edson Fachin ao manter intacto a tramitação do recurso de Lula no STJ, objeto de habeas corpus em julgamento hoje no Supremo.

Leia Mais