Querem colocar em xeque credibilidade do IBGE?

Essa conversa de prefeito recorrer da contagem mais recente do Censo do IBGE 2007 coloca em cheque a credibilidade de uma das mais sérias instituições do país: O IBGE.

Qual o interesse que o IBGE tem em alterar o número de habitantes de qualquer município? Até aonde eu saiba, nenhum.

Não passa da imaginação de alguns Prefeitos cujos municípios correm seriamente o risco de diminuir a arrecadação do FPM – Fundo de Participação dos Municípios, diante da queda da população do seu município.

Em outros municípios a população continuou a mesma. Sendo assim não houve aumento no coeficiente do FPM.

É… Tinha prefeito querendo mais “bufunfa

Respostas de 8

  1. o que acontece e que os recenseadores ver uma residencia fechada ai ja coloca que a mesma nao mora ninguem pra nao perder tempo ta ai a explicação da diminuição da população

  2. Caro Robson,
    Seu comentário nessa notícia foi sem fundamento. Por que não colocar em dúvida a credibilidade do IBGE? Acaso está acima de falhas e corrupções políticas? Parece que vc anda acreditando em Papai Noel tb…. Basta dar uma olhada no total de habitantes do RN para ver como algo está errado. Como é possível que as cidades do interior tenham diminuído e a capital tb? Só em Natal foi uma baixa de 30.000 habitantes. Para onde foi esse povo? Morreu? Evaporou? Se eu fosse prefeito faria o mesmo!

  3. ô Robson… O professor Paschoal Segalla ensina. cheque = ordem bancária de pagamento; xeque = Risco, perigo, contratempo. Portanto, a contagem do IBGe está em xeque e não em cheque.

  4. Muito simples seu Benjamim! O município de Natal em si tem um território bastante pequeno, sem novas áreas para construções de novos conjuntos habitacionais, e muitas vezes para fugir dos altos preços dos aluguéis e violência da capital a população de uma capital vai morar nas chamadas cidades dormitórios que abrange os municípios vizinhos à Natal como: Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo, etc. Como o censo do IBGE é feito no território que está edificada a moradia residencial, está aí a explicação para queda de população em Natal e o aumento na chamada região metropolitana.

  5. Caro Robson, diante de tantas dúvidas eu proponho que você faça uma enquete com seus leitores perguntando na casa de quem os recenseadores passaram. Na minha não passou e não conheço ninguém que foi entrevistado.

  6. Caro Robson, não acredito que a questão é colocar em xeque a credibilidade do IBGE. Mas diante do exposto quero falar do nosso municipio, onde a reclamação na Zona Rural é grande, pois não visitaram as casas para fazer o censo, e acho muito estranho uma cidade como a nossa Jardim do Seridó que tem crescido muito, diminiur em torno de 500 hab. Abraço!

  7. Pra quem nunca passou da curva do Iate, fique sabendo que o municipio que nao investe a tendencia é desaparecer e nao só diminuir o nº de habitantes, quanto a capital esta explicado foi pra regiao metropolitana.

  8. Se a questão é tão fácil assim, pq será que Parnamirim, da chamada área metropolitana, teve uma queda exorbitante de habitantes no mesmo censo??? A coisa só está se complicando, ao invés de ser resolvida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias