Quem é vivo aparece ! Binha Tôrres está de volta

Mas não é que quem é vivo aparece !  O ex-vice Prefeito de Caicó, Binha Tôrres, que teve seus direitos políticos cassados pelo Juiz Henrique Baltazar, poderá estar de volta á cena política municipal.

Seus direitos políticos serão restabelecidos brevemente, quando a condenação de três anos chegará ao final. Ele disse ao BLOG que nas próximas eleições já estará apto a ser candidato a qualquer cargo eletivo. Binha teve seus direitos políticos cassados por causa de um episódio que envolveu o ex-candidato á prefeito de Serra Negra do Norte, Aloísio Faria.

Ele disse que tanto poderá ser candidato á Prefeito como á Vereador. E que espera contar com o apoio da Governadora Wilma de Faria. A Governadora quando vem a Caicó é hóspede de Binha Tôrres. Binha, que goza de bastante prestígio junto á Governadora é filiado ao PSB.

Eita, menino! É bom demais ser prefeito ! Já é outro para a disputa. Além de tantos que já desejam dentro do próprio sistema político.

Desse jeito termina “eu

Uma resposta

  1. Espero que Binha volte para o lado do velho PSD,hoje PMDB, com certeza será recebido de braços abertos, já dizia o velho Tancredo: “não vamos nos dispersar,se juntos somos fracos desunidos não somos nada” espero seu retorno, o momento tem que ser de união. Esse Governo que aí está não está resolvendo os problemas que prometeu solucionar,solução não é hospedar a governadora em sua casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

STF está de olho em Cunha

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse, ontem (28), que a possibilidade de o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vir a

Leia Mais

Fundo é aberração

O fundo eleitoral aprovado na comissão da reforma política da Câmara dos Deputados vai despejar bilhões de reais em campanhas políticas no próximo pleito sem

Leia Mais