Quanto custa rezar e cantar com o padre Fábio de Melo

Por Ricardo Noblat

O Natal de padre Fábio de Melo está sendo duplamente feliz.

Primeiro porque ele está em Natal, no Rio Grande do Norte, uma graça de cidade.

Segundo porque embolsará por uma única apresentação a módica quantia de R$ 221 mil paga pela prefeitura da cidade.

Fábio é um sacerdote católico, cantor, compositor, apresentador, poeta, escritor, professor, ligado a Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus.

Sim, e é também amigo da prefeita de Natal, Micarla Araújo de Sousa Weber, 39 anos, do PV da senadora Marina Silva. Deu uma força à campanha de Micarla no ano passado. Não cobrou nada por isso.

O padre-cantor rezará e cantará esta noite no estádio João Machado, o Machadão, encerrando o ciclo de festejos do Natal em Natal.

Roberto Carlos recebeu R$ 150 mil da prefeitura por um show que fez por lá em julho último.

Bibi Ferreira cantou ontem por R$ 55 mil. E Zé Ramalho, anteontem, por R$ 60 mil.

O cachê de padre Marcelo Rossi anda na casa dos R$ 70 mil.

Você entregaria sua alma aos cuidados de padre Fábio?

Leia e medite sobre uma pérola do pensamento dele:

“A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos.

Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.

O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que nEle havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.

Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito.

Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.”

Leia a nota publicada no blog do Robson Pires no dia 21 de dezembro. Antecipava o que viria acontecer:

CONVITE OU CACHÊ?

– Publicado por Robson Pires – Em Notas – 21 dez 2009 – 12:31 –

O padre Fábio de Mello – um novo fenômeno de público e de crítica – que teve um antecessor de sucesso – o também padre Marcelo Rossi – disse neste domingo, dia 20 de dezembro, no Programa do Faustão, da TV Globo, que estaria em Natal, no Natal, atendendo um convite da prefeita da capital Micarla de Sousa para cantar durante uma missa no dia 25 de dezembro, sexta feira, no estádio Machadão.

Atendendo convite ou cachê?

Se for cachê o preço é meio salgado, viu?

11 respostas

  1. “…..os outros acham de mim muito pouco me importa …”

    PARECE DISCURSO DE GAY QUANDO ASSUME PUBLICAMENTE SUA ORIENTAÇÃO SEXUAL
    PARECE… NÃO TÔ AFIRMANDO, VIU?

    OU QUANDO O PODER SOBE À CABEÇA NO MOMENTO DA “INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA” AALCANÇADA.

    PRESTEM ATENÇÃO

    O FUTURO DIRÁ!!!!

  2. Grande Robson, é preciso retificar apenas uma coisa. Ele não mais pertence a Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração, já tem um tempinho que deixou.

  3. Que decadencia da igreja católica;
    usar um cara que si dis ser padre só pra ir pra mídia, assim tentando almentar o número de fieis….

  4. acredite em deus, alá, buda, na entidade que você quiser, mas, faça um favor a si mesmo, não acredite em igrejas.

  5. mas que gente invejosa esta de caicó, creio que se fosse o prefeito que tivesse feito esse ato de evangelização, vc’s da mídia não estaria criticando à ação da prefeita da Capital. Espero que este comentário seja aceito e caso nao sejaé por que estou certo.

  6. FONTE: TRIBUNA DO NORTE
    http://tribunadonorte.com.br/noticia/prefeitura-emite-nota-oficial-sobre-show-de-padre-fabio-de-melo/136001

    A Prefeitura de Natal emitiu nota na tarde desta sexta-feira (25) explicando o valor do contrato para o show do padre Fábio de Melo. Segundo a nota, no contrato estão “inclusos valores de salários, diárias e despesas de alimentação de equipe com cerca de 25 pessoas, valores de passagem aérea para a maioria destas pessoas, valores para fretamento de avião para trazer parte dos músicos, valores de hospedagem de todos os profissionais, valores do transporte para profissionais e equipamentos de som e luz que acompanham o show”.

  7. A nota do jornal explica tudo sobre o cachê, mas mesmo assim ainda acho muito salgado, não tenho nada contra o padre Fábio, pelo contrário o admiro muito e adoro sua música, mas ele deveria amenizar seu cachê, pois sua intenção é evangelizar através da música e não se beneficiar financeiramente.

  8. Essa prefeita de Natal só pode ser doida ou encontrou poços de petróleo dentro da prefeitura ficar tocando fogo no dinheiro do povo desse geito só estando completamente maluca!!!!! prefeita tenha censibilidade, nois estamos na região mais popre do Pais, assim não dá

  9. Olha eu na minha inocencia .achava que os padres viam rezar so pela fe kkkk podia cobrar os custos mas nao querem fortunas, e depois vao nas missas falar contra fortunas e eles quanta hipocresía, se eu gosto de dinheiro eles gostam um cadinho mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias