Provas do concurso da Polícia Federal com 1,5 mil vagas serão aplicadas dois meses após edital

policia federal Provas do concurso da Polícia Federal com 1,5 mil vagas serão aplicadas dois meses após edital

O Ministério da Economia aceitou o pedido feito pela Polícia Federal e diminuiu para dois meses o prazo entre o edital e a prova do concurso da corporação. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (6/1).

A informação sobre a aceitação da solicitação já havia sido antecipada pelo Metrópoles. O edital para o segundo maior concurso já realizado pela PF deve sair este mês, com provas previstas para março.

São 1.500 vagas, distribuídas da seguinte forma: delegado (123), escrivão (400), papiloscopista (84) e agente (893). Além disso, a corporação ainda pretende convocar outros 500 novos policiais. Ao final do processo, a PF contará com o maior efetivo de sua história, podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.

A PF quer celeridade no processo para que, em agosto, os aprovados já ingressem na academia e o provimento de cargos ocorra até 31 de dezembro de 2021.

A autorização para a realização do certame foi concedida para provimento dos cargos até o final de dezembro. A PF, então, passou a fazer o planejamento com base neste prazo. Além da prova objetiva e discursiva, o concurso ainda conta com teste de aptidão física, psicológica, exames médicos, prova oral e títulos para delegado, e prova de digitação para escrivão. Os salários para os cargos que serão ofertados variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias