Projeto para implantação de parque tecnológico é apresentado na Assembleia

O projeto para a implantação do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) foi apresentado na manhã desta quinta-feira (7) aos deputados da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social da Assembleia Legislativa (CECTIDES).

A coordenadora do projeto e ex-reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, e o diretor da Agência de Inovação (AGIR), Daniel Pontes, expuseram aspectos técnicos e operacionais do PAX, e os benefícios que a implantação do parque devem trazer para o desenvolvimento do RN.para a implantação do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) foi apresentado na manhã desta quinta-feira (7) aos deputados da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social da Assembleia Legislativa (CECTIDES).

TuA coordenadora do projeto e ex-reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, e o diretor da Agência de Inovação (AGIR), Daniel Pontes, expuseram aspectos técnicos e operacionais do PAX, e os benefícios que a implantação do parque devem trazer para o desenvolvimento do RN.

“Esse é o projeto mais ousado que tem hoje no nosso Estado. Precisamos parar de fazer o mesmo e esse é o exemplo que o RN dá certo. Também achei justa e oportuna a homenagem a Augusto Severo. Agora precisamos buscar parceiros e ver até onde a Assembleia pode ajudar para que o Rio Grande do Norte possa evoluir no desenvolvimento de tecnologia”, disse o presidente da comissão, deputado Hermano Morais.

Ângela Paiva explanou que o Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo estará localizado em uma área de 50 hectares, com vocação inicial nas áreas de energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação e ampla oferta de espaços e serviços para as entidades apoiadoras e empresas. O projeto contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual através da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Categorias