Projeto estabelece piso nacional de R$ 2,4 mil para os radialistas

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou proposta que assegura aos radialistas piso salarial anual, estipulado em convenção ou acordo coletivo de trabalho. O colegiado aprovou o substitutivo do relator, deputado Alex Canziani (PTB-PR), que tornou mais genéricas as normas estabelecidas pelo Projeto de Lei 3982/12, do deputado Andre Moura (PSC-SE).

O projeto original estabelece piso nacional de R$ 2,4 mil para os radialistas com jornada de 30 horas. Canziani, no entanto, avalia que esse valor não leva em conta as diferenças regionais e quer impor a cidades de pequeno e médio porte o custo de metrópoles. “Não é plausível fixar piso salarial único e de valor apreciável para o segmento da radiodifusão em todo o País, sob pena de comprometer e inviabilizar a esmagadora maioria das emissoras”, argumenta.

O deputado ressalta ainda que não se pode dar o mesmo tratamento a emissoras de rádio e de televisão de diferentes finalidades, como as comerciais, comunitárias, educativas, entre outras.

O texto aprovado é baseado em uma emenda apresentada pelo deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), que se restringe a incluir o direito ao piso (não necessariamente nacional) na lei de regulamentação da profissão de radialista (Lei 6.615/78).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias