Professores rejeitam proposta e decidem manter a greve na UEPB

Em assembleia nesta segunda-feira (6), os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) decidiram manter a greve, movimento que ocorre desde o dia 26 de fevereiro. Segundo o presidente da Associação dos Docentes da Unversidade Estadual da Paraíba (Aduepb), José Cristovão Andrade, a categoria rejeitou a proposta do reitor Rangel Júnior de aumento de 3% para maio e de 5,83% a partir de outubro.

A decisão foi tomada uma semana depois da greve ter sido decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça a pedido do Ministério Público. De acordo com José Cristovão Andrade, a categoria reivindica apenas a reposição da inflação de 2012, um aumento de 5,83% – equivalente à reposição da inflação de 2012 – e não os 17,7% das perdas salariais que eram pedidos anteriormente. Ao todo, são 20 mil alunos que estão sem aulas nos oito campi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias