Presidente da FEMURN assegura aumento da Operação Carro-Pipa no RN

pipa_femurn

O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), Francisco José Junior, participou nesta quinta-feira (02), em Brasília, de uma audiência para debater questões referente à seca do Nordeste. O encontro,  promovido pelo ministério da Integração Nacional, reuniu os representantes municipais de todas as cidades da região na capital federal em uma discussão com o ministro Giberto Occhi sobre o assunto. O presidente solicitou o aumento do número de carros-pipas e também maior perfuração de poços para amenizar os danos da seca dos municípios mais afetados.

Na ocasião, Francisco José Junior solicitou também pediu atenção para os problemas enfrentados pelos municípios do RN, onde mais 90% das cidades estão em estado de calamidade pública devido a seca. “Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, 153 estão em situação de calamidade em decorrência da seca. Enfrentamos inúmeros transtornos, precisamos de medidas emergências, e planejamento em longo prazo para sanar o problema”, afirmou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

O vereador “pidão” de Natal

Em Natal, o vereador Ubaldo Fernandes (PMDB) ganhou o apelido de “pidão”, dado pelos secretários municipais. Isso porque seu segundo local de expediente tem sido

Leia Mais

Nem lembrança

Em Caicó, gente que fazia parte da gestão passada (e olha que não foram poucos), e que votou e trabalhou na campanha do novo prefeito

Leia Mais

As mesmas notícias de sempre

A mídia do Rio Grande do Norte é implacável. As rádios, jornais, canais de televisão e blogs só falam numa governadora, no vice-governador, três senadores,

Leia Mais

Luta mais dura

O governo federal avalia que ficou mais difícil aprovar as reformas trabalhista e previdenciária diante das greves de sexta e das manifestações desta segunda. De

Leia Mais