Prefeitura de Natal (RN) reforça fiscalização contra aglomerações no comércio e na orla

isso aí Prefeitura de Natal (RN) reforça fiscalização contra aglomerações no comércio e na orla

A Prefeitura de Natal (RN) intensificou a fiscalização no comércio da Capital Potiguar e na orla marítima da cidade. O objetivo é prevenir ou debelar possíveis aglomerações, causando risco de transmissão do Covid-19.

O trabalho desta terça-feira (21) teve início no bairro do Alecrim. Guarda Municipal, STTU, Semsur, Semurb, Procon e Defesa Civil organizaram um comboio que percorreu também a Redinha, Praia do Forte, Praia do Meio e Ponta Negra. Foram mobilizados cerca de 50 servidores.

A primeira parada aconteceu na agência da Caixa Econômica no próprio Alecrim. No local, a equipe distribuiu máscaras e reposicionou as pessoas de acordo com o distanciamento nas filas, em acordo com o que é preconizado pela Organização Mundial de Saúde.

Ainda no bairro, a segunda parada da fiscalização foi feita em uma instituição privada de saúde. A Guarda Municipal e a Semsur observaram uma quantidade de clientes superior ao permitido para o tamanho do local. “Apresentamos o aplicativo para o cálculo da quantidade de pessoas no local e todos foram orientados. A Semsur também irá realizar um trabalho de esclarecimento. Além disso, distribuímos máscaras”, explicou o comandante da Guarda Municipal, Alberfram Grilo.

Nas praias do Meio, Forte, Redinha e Ponta Negra, frequentadores foram orientados sobre a necessidade de uso do equipamento de proteção individual e os donos dos estabelecimentos comerciais receberam máscaras para distribuir com seus funcionários.

Na Redinha, a fiscalização ainda reuniu uma parte dos barraqueiros e passou orientações de higiene pessoal nos estabelecimentos, orientando a recolher mesas e cadeiras, uma vez que o comércio nas praias não está permitido de acordo com o decreto de isolamento social.

A secretária de Defesa Social, Mônica dos Santos, enfatizou a importância da ação. “A população precisa ver a presença da fiscalização até para prevenir que haja a aglomeração. Nosso trabalho hoje é educativo”, explicou.

O diretor de Fiscalização da Semurb, Luiz Guttemberg, explicou que a fiscalização já estava sendo feita, no entanto, as denúncias recentes mostraram que seria necessário um reforço. “Hoje vamos voltar a fazer trabalho educativo. Para o fim de semana, vamos nos reunir e organizar um trabalho amplo em toda a orla. A pandemia não acabou e as pessoas precisam estar conscientes disso. Aglomerações serão coibidas. Fazemos isso pela saúde de todos”, comentou o diretor.

Na última parada do comboio, os fiscais da Semurb voltaram a trabalhar no sentido da retirada de mesas e explicaram aos comerciantes que só está permitida a venda de alimentação para entrega em domicílio. A proibição da comercialização de bebidas alcoólicas também foi enfatizada. A equipe voltará a se reunir para avaliar o trabalho e planejar os próximos passos da ação, que será reforçada durante o fim de semana, nas praias de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

A CNBB se tocou

O cardeal dom Odilo Pedro Scherer criticou nas redes sociais o ato religioso em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, realizado no sábado, 7, em frente

Leia Mais

Superar balbúrdia, Fátima? Aonde?

Ontem (04) na abertura do roadshow “RN Invest – Oportunidades no Rio Grande do Norte” a governadora Fátima Bezerra afirmou: “Estamos conseguindo organizar o governo

Leia Mais

As figurinhas mais procuradas

As pesquisas confirmam: 99,9% dos eleitores, ou mesmo não eleitores, jovens com menos de 16 anos e idosos com mais de 70 anos, enfim, crianças

Leia Mais

Flávio Rocha vira réu

O dono da Riachuelo, Flávio Rocha, se tornou réu na Justiça Federal do Rio Grande do Norte. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal de

Leia Mais

Quebrando a cabeça

Ministro dos Transportes, Maurício Quintela quebra a cabeça para tentar manter de pé sua previsão de que as passagens aéreas não aumentarão com o fim

Leia Mais