Prefeito de São José do Campestre tenta minimizar denúcias contra emissão de mais de 100 cheques sem fundos

O prefeito de São José do Campestre, José Borges (PMDB), minimizou as denúncias feitas pelos vereadores de oposição contra ele. O prefeito foi acusado de passar mais de 100 cheques sem fundo, não repassar os valores descontados dos empréstimos consignados feitos pelos servidores, fraudar licitação, fazer pagamentos indevidos e ainda falsificar documento da Câmara. O peemedebista negou as irregularidades.

Segundo o prefeito, os vereadores Maria de Fátima Bernardes (PMN), Jailson José da Silva (DEM) e José André de Mendonça (PMN), que formalizaram denúncia contra ele no Ministério Público Estadual e no Tribunal de Contas do Estado são aliados do ex-prefeito Laércio José de Oliveira. Borges disse que a Comissão Especial de Inquérito criada pelos parlamentares é ilegal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias