Prefeito de Ipanguaçu é acusado de suposto desfalque

prefeito de apanguassu

Enquanto o Governo do Estado alega falta de recursos para prestar um atendimento de qualidade nos hospitais dos municípios do interior, o prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, do PSDB, está sendo acusado de estar desfalcando a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte.

seara

Apesar de ilegal, Valderedo vem acumulando o cargo de prefeito de Ipanguaçu e de técnico da SESAP. Nessa brincadeira de acumulação Ilícita, Bertoldo recebe mais de R$ 17 mil mensal como chefe do executivo e embolsa quase R$ 6 mil por mês como técnico da SESAP, desfalcando o caixa da saúde estadual numa flagrante manobra para subtrair dinheiro público.

seara

Até agora, foi descoberto que já foram pagos os meses de janeiro e fevereiro de 2017 ao prefeito de Ipanguaçu, totalizando a soma de quase R$ 12 mil do suposto desfalque dos cofres da Secretaria Estadual de Saúde praticada com o recebimento ilícito pelo prefeito Valderedo Bertoldo.

Blogue do VT (com modificações)

Uma resposta

  1. Parece-me que ha conivência, pois é impossível que uma Secretaria não saiba que um membro dos seus quadros de funcionários foi eleito prefeito de uma cidade. Bastaria tão somente suspender o pagamento, evitando a acumulação indevida. É incompetência ou má intenção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias