Prefeita de Ouro Branco tem que pagar R$ 51 mil

Deixando transparecer que é imune a justiça e não liga para os processos que correm contra ela no judiciário potiguar, apesar de ter sido notificada pessoalmente há mais de 50 dias, a Prefeita de Ouro Branco, Fátima Silva (PT), ainda não apresentou bens suficientes para garantir o ressarcimento de R$ 51.200,00 do pedido de liminar da Ação Civil de Improbidade Administrativa 0100633-34.2017.8.20.0117, obrigando a Juíza de Direito da Comarca de Jardim do Seridó/RN a intimar a gestora, através de seu advogado, para, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, comprovar o cumprimento da ordem judicial.

O pedido de bloqueio de bens foi apresentado no inquérito civil n.º 06.2015.00006251-1, que investigou a legalidade da contratação de contador pelo Município de Ouro Branco, entre os anos de 2013 e 2015. Esse é o quarto pedido de bloqueio de bens da petista em menos de 5 anos de mandato político à frente da Prefeitura de Ouro Branco.

2 Responses

  1. A prefeita está é mangando dessa justça homi,ela dizq isso é doçe de leite p o advogado dela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias