Prefeita de Ouro Branco pode ter mandato cassado

fatima ouro branco

A prefeita de Ouro Branco, Fátima Silva, poderá ser cassada por suposta prática de improbidade administrativa pela Vara Única de Jardim do Seridó, que jurisdiciona o município supracitado. Existem vários processos contra a mesma, em sua maioria são crimes contra administração pública e que ainda estão à espera de julgamento.

Entre os processos está Ação Civil de Improbidade Administrativa sobre o processo seletivo que envolveu a prefeita e vários secretários de sua administração. Veja abaixo alguns dos processos que a prefeita está respondendo (conforme consulta no TJRN):

0100223-44.2015.8.20.0117 Ação Civil de Improbidade Administrativa / Violação aos Princípios Administrativos

0100201-83.2015.8.20.0117 Ação Civil Pública / DIREITO ADMINISTRATIVO E OUTRAS MATÉRIAS DE DIREITO PÚBLICO

0100137-73.2015.8.20.0117 Carta de Ordem Criminal / DIREITO PENAL

0100543-31.2014.8.20.0117 Ação Civil de Improbidade Administrativa / Dano ao Erário

0100419-48.2014.8.20.0117 Ação Civil de Improbidade Administrativa / Violação aos Princípios Administrativos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

junho 2022
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

A indecisão de Maurício Marques

Candidato a deputado estadual pelo PHS, o ex-prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, está no palanque da candidata ao Governo, Fátima Bezerra (PT), que faz parte

Leia Mais