Preço do chuchu dispara no atacado no início de novembro

Depois de passar o mês de outubro alternando momentos de estabilidade e leves variações, o chuchu mais que dobrou de preço logo que começou novembro. É o que mostra mais um Boletim Semanal de Variação de Preços da Ceasa-RN.

A alta do chuchu – de exatos 116,84% na última semana – foi causada pelo desempenho da produção em Pernambuco. O Rio Grande do Norte depende totalmente do produto importado de outros estados, particularmente Bahia, Pernambuco e Ceará; assim, qualquer variação nestas fontes produtoras reflete no mercado local. Neste momento, o chuchu se mostra com tendência de queda.

Outro produto que se destaca entre os que apresentaram alta nos preços é o melão japonês, que apresentou desempenho um tanto semelhante ao do chuchu, alternando periodos de estabilidade e eventuais baixas ao longo de outubro, e abriu novembro em alta de 30,43% – pelos dados disponíveis, o produto caminha para a redução da safra em terras potiguares. Segundo atacadistas consultados pela Ceasa-RN, a tendência é de majoração mais forte nos preços no próximo mês, dado que o mercado não depende de oferta de outros estados. Por sinal, o melão abriu a semana com tendência de alta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

RN entra no mapa dos incêndios

O Rio Grande do Norte também entra no mapa dos incêndios. Está semana, o Corpo de Bombeiros atendeu a quatro ocorrências de incêndio ambientais, nos

Leia Mais