Polícia Civil prende mulher por crime ambiental no bairro do Alecrim

aves_fiscalizacaoPoliciais civis da Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA), com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a Delegacia Especializada de Assistência ao Turista (Deatur), prenderam em flagrante, na tarde desta terça-feira (12) no bairro do Alecrim, Jacira Zuza Maia, 61 anos, por crime ambiental.

Através de investigações de inteligência na modalidade disfarce, a mulher foi convencida a trazer uma certa quantidade de aves e animais, sendo apreendidas com ela 140 sacolas com aves arribaçãs, somando no total 2.380 unidades das mesmas, além de 24 preás e 04 marrecos. Jacira já tinha várias reincidências, dentre elas uma prisão realizada pela Polícia Rodoviária Federal em 2014, onde foram apreendidas 32 mil aves arribaçãs.

A mulher foi encaminhada à delegacia, onde respondeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sendo autuada por venda de aves migratórias e animais exóticos da fauna brasileira, configurando crime ambiental em âmbito federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

Transposição que não anda!

Em Brasília, a senadora Fátima Bezerra registrou a audiências públicas realizadas em Assú e Apodi sobre transposição do São Francisco, enquanto o senador Garibaldi esteve

Leia Mais