Pedidos de recuperação judicial têm maior alta mensal em 6 anos

O número de pedidos de recuperação judicial atingiu a maior alta mensal em 6 anos. Em abril, 184 empresas entraram com o pedido. O número não havia sido tão alto desde março de 2018 –quando houve registro de 190 requisições. Os dados são do Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Serasa Experian.

As micro e pequenas empresas foram as que tiveram maior número de pedidos no período analisado. O perfil também se repete para o setor em que atuam: o de serviços é o que mais fecha portas. Só em abril foram 75 pertencentes a esta categoria. No comércio, 54, na indústria, 20 e, no setor primário, 35.

“O número de recuperações judiciais [em abril] reflete o ambiente de dificuldade financeira que as empresas estão vivendo atualmente, ainda refletindo as taxas de juros no país”, declarou o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Abril representou também o 5º mês consecutivo de aumento. Desde dezembro, há crescimento no número de pedidos.

FALÊNCIAS

O número de falências não acompanha a alta nos pedidos de recuperação judicial. Em abril, 90 empresas tiveram que findar o seu negócio. Os micros e pequenos empreendimentos foram os que mais fecharam as portas (53).

Poder 360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias