Partidos discutem com Alexandre de Moraes prestações de contas atrasadas

Lideranças de partidos terão uma reunião nesta segunda-feira (22) com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, para tentar adiar a entrega de prestação de contas de campanha. Os principais partidos somam cerca de 150 mil prestações de contas pendentes. A informação é da coluna de Guilherme Amado no Metrópoles.

O União Brasil, resultado da fusão entre PSL e União Brasil, lidera a lista, com aproximadamente 28 mil prestações de contas pendentes; o PL tem 20 mil; o PT, 19 mil; PP, PSB e PSDB têm 18 mil cada; o MDB e o PSD, 16 mil cada, aponta a coluna de Amado.

O Metrópoles ainda aponta que no ano passado, as siglas tentaram flexibilizar a prestação de contas por meio de uma minirreforma eleitoral no Congresso, que não avançou. O texto que tramitava na Câmara excluía a prestação de contas parcial, durante a campanha, e acabava com multas pela falta de prestação de contas partidárias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias