Parte do dinheiro da Telexfree é liberada pela Justiça

A Telexfree (Ympactus Comercial Ltda.) teve mais uma vitória no judiciário acreano. A juíza Thaís Borges, da 2ª Vara da Comarca de Rio Branco, autorizou na sexta-feira, dia 18, a liberação de parte do dinheiro bloqueado da empresa. A quantia não foi revelada e será usada para sanar dívidas da construção de um hotel no Rio de Janeiro por parte dos sócios da Telexfree. O dinheiro será transferido diretamente para a empresa responsável pela edificação do empreendimento.

As atividades da empresa continuam proibidas e os investimentos por parte dos divulgadores também continuam “congelados” até a decisão da magistrada. A Telexfree, que vende planos de minutos de telefonia de voz sobre protocolo de internet (VoIP na sigla em inglês), foi proibida de operar no final de junho por acusação de praticar pirâmide financeira. A operação do negócio está bloqueada, por tempo indeterminado, a pedido do MP-AC (Ministério Público do Acre).

“A cada dia que passa, a Justiça está sendo feita no sentido amplo da palavra”, disse um dos advogados da Telexfree no Acre, Roberto Duarte. Nas últimas semanas, os advogados da Telexfree têm obtido muitas vitórias nos tribunais. Quatro processos já foram autorizados pelo judiciário acreano para análise no STJ (Superior Tribunal de Justiça) e STF (Supremo Tribunal Federal).

Uma resposta

  1. Impossível entender a Justiça. Se todo o dinheiro bloqueado pertence aos divulgadores, e não seriam suficientes para pagar a todos, como pode ser liberando parte para outros fins?
    Enquanto isso pessoas passam necessidade esperando pela justiça. Muito estranho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias