Para Vivaldo Costa, formação do PSD “é um milagre”

O deputado estadual Vivaldo Costa, líder histórico do Partido da República, deixa a legenda para ingressar no PSD.

Em seu discurso, hoje (30), o Papa definiu a criação do partido como um “milagre”, considerando a união que está promovendo entre políticas que, por décadas, militaram em lados caracteristicamente opostos.

“O PSD é o partido do milagre, acho que porque sou o papa e filho de uma Santa. O partido conseguiu unir um bicudo e um pela bucho”, afirmou Vivaldo se referindo a ele e o colega-deputado José Dias.

3 respostas

  1. Vivaldo sempre foi udenista, a UDN foi a principal responsável pela ditadura de 64, agora ele aderiu ao PSD- pelabuchos, que mudança radical, quem diria, hem?

  2. Só sendo milagre mesmo! Reunir velhas raposas, velhos inimigos, velhos espertalhões da política, derrotados e traidores! O PSD, não traz nada de novo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
Categorias