Para Galvão Freire, eficiência do SAMU em Caicó depende de melhorias no Hospital Regional

galvao saudeNa avaliação do secretário de Saúde de Caicó, Galvão Freire a concretização da instalação da base avançada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na cidade, depende apenas do Governo do Estado. Ele explica que da parte do Município está faltando apenas uma adaptação da sede, que será no local que serviu de alojamento dos Bombeiros. Galvão reconhece que os serviços ainda não foram iniciados, mas no que depender da estrutura já oferecida pelo local, não deverá demorar muito, após as obras serem iniciadas.

“O que fez a gente colocar o pé no freio é que o Governo do Estado não fez até agora nenhuma melhoria no Hospital Regional. Se não for estrutural, que seja de pessoal, de equipamentos. O projeto está pronto, mas até agora não foi feito nada. Se houvesse essa melhoria no Regional, poderia evitar mandar pacientes para Natal. Tudo que a gente não quer é mandar pacientes pra Natal, o Samu tem que dá resolutividade das questões da região, na própria região”, explicou Galvão atentando para um dado que a instalação do Samu em Caicó, no mínimo dobrará a quantidade de pessoas que serão atendidas no Hospital Regional, a única porta de entrada da cidade.

5 respostas

  1. LERO O QUE ESTA ACONTECENDO É PORQUE O MUNICIPIO NAO QUE ARCA COM ALGUMAS DISPESAS O GOVERNO DO ESTADO QUE ENTREGA O SAMU E FICA RESPONSAVEL PELA PARTE DE MANUTENÇÃO E O MUNICIPIO COM A PARTE DE DISPESAS COM OS FUNCIONARIOS.

  2. Esse governo municipal que diga-se de passagem não disse a que veio não faz nada, vive pegando carona no estado e união e ainda fica conversando besteira. CALA A BOCA GALVÃO!

  3. Então a nossa samu não vai funcionar mesmo, com essa saúde que não um soro, infelizmente em nossa cidade nada funciona, mas graças a DEUS nós temos CURRAIS NOVOS para atender os nossos cidadães.

  4. Caro Francisco, Não costumo comentar as postagens em forma de comentários das pessoas. Isto porque entendo que os comentários são uma expressão importante para se medir a acessibilidade ao blogue, bem como o nível de conhecimento sobre os assuntos.

    No entanto, quero reafirmar que a matéria postada é a expressão da verdade. Já tivemos inúmeras reuniões com o governo do estado, com o sec. de estado da saúde e com a coordenação metropolitana do Samu. Nossa decisão de adiar os serviços tem o aval do próprio secretário Luiz Roberto. Quanto a manutenção, é verdade o que você diz. Mas também é verdade que teremos um valor considerável de recursos do município para manter uma equipe especializada nos serviços de resgate.
    Por fim, o Samu faz apenas o resgate. O resto, e mais importante, quem faz é um hospital bem preparado com profissionais e equipamentos adequados.
    Estarei sempre à disposição para maiores dúvidas.
    Um abraço.
    Galvão Freire

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias