País rico, mas a conta vem depois

A08DD9E6 9CA5 4569 87BF 4367165F80C4 e1515400704724 País rico, mas a conta vem depois

Foi bonita a festa, pá, como disse Chico Buarque sobre outro assunto. O Rio teve fogos durante 17 minutos seguidos, um recorde.

Mas a conta veio logo: os dois principais hospitais universitários do Rio ficaram sem verbas e ameaçam suspender a contratação de residentes – o que é pior do que parece, por prejudicar o atendimento dos pacientes e o treinamento dos médicos.

As escolas de samba, habituadas a fartos cofres, ajustam em cima da hora seus desfiles, para que não lhes falte dinheiro no Sambódromo.

Que ninguém diga que este é um problema do Rio: o Carnaval carioca é o grande símbolo do turismo brasileiro, e o Rio é o cartão de visitas do país.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

PT taxa Robinson de traidor

Em nota formulada pelo diretório estadual, o PT diz que “Robinson Faria traiu o programa com o qual foi eleito”. O partido também atacou todos

Leia Mais

Pesquisa: nenhuma novidade, né Temer?

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (28) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente da República, Michel Temer (PMDB): Ótimo/bom: 3% Regular: 16%

Leia Mais