Osmar Terra nega ter sido chamado para assumir Ministério da Saúde

O ex-ministro da Cidadania Osmar Terra saiu do Palácio do Planalto, no início da tarde, depois de almoçar com o presidente Jair Bolsonaro e também participar de uma reunião sobre a hidroxicloroquina. Do encontro, participou também a oncologista Nise Yamagushi, defensora do uso precoce do medicamento em pacientes com Covid-19.

O uso da cloroquina é outro tema que divide opiniões e em que a posição de Yamagushi e Osmar Terra são alinhadas àquela do presidente da República. “Bolsonaro tem ouvido todos, inclusive quem defende que seja usado em pacientes menos graves. Tem ouvido médicos e especialistas a respeito. No meio dessa epidemia, não dá para espera ficar grave para usar”, disse Terra. “Os militares tomam cloroquina quando vão para a Amazônia. Por que um paciente de Covid-19 não pode tomar?”, indagou.

Terra nega que tenha sido convidado para assumir o cargo de ministro da Saúde. Porém, na prática, o deputado do MDB é quem está em contato direto com o presidente da República, e não o ministro Luiz Henrique Mandetta. Bolsonaro já decidiu pela troca de comando na Saúde. Falta definir apenas a data. O próprio Mandetta, numa reunião, já admitiu não saber até quanto permanecerá ministro. A política ferve. A certeza no governo e fora dele é a de que, se Mandetta sair, lugar para o popular ministro trabalhar não vai faltar.

Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Rosalba é feliz no DEM

Rosalba Ciarlini não escondeu dos demais governadores do Norte e do Nordeste sua excitação por ter sido recebida por Dilma Rousseff no Palácio da Alvorada.

Leia Mais

Alckmin faz como Bolsonaro

Ao terceirizar o seu programa econômico a Pérsio Arida, o tucano Geraldo Alckmin fez como Jair Bolsonaro, que terceirizou o seu a Paulo Guedes. Mas,

Leia Mais

É a vez dos vices-prefeitos

Dois vice-prefeitos do Rio Grande do Norte estão ganhando destaque pela popularidade. Em Caicó, Marcos do Manhoso (PP) tem crescido tanto que despertou inveja do

Leia Mais

No cabresto

Nem o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e nem a governadora Fátima Bezerra (PT) gostaria de depender do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) e do

Leia Mais

Folia de padre no Seridó

Houve um tempo em que o carnaval era considerado festa de satanás. Mas, melhor assim, o mundo mudou. Tem padre no Seridó que não perde

Leia Mais