OMS adverte que 900 milhões de pessoas podem ter surdez até 2050

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta quinta-feira (1o) que 900 milhões de pessoas em todo o mundo poderão vir a ter surdez até 2050, quase o dobro da quantidade atual, e fez uma apelo aos governos para que tomem medidas para frear este aumento. A informação é da EFE.

Numa alusão ao Dia Mundial da Audição, celebrado em 3 de março, a OMS apresentou hoje uma campanha para prevenir e advertir sobre os desafios no campo da audição nos próximos 30 anos. Segundo a organização, cerca de 466 milhões de pessoas no mundo hoje sofrem com problemas auditivos – sendo 34 milhões crianças -, enquanto há cinco anos o número total de casos era de 360 milhões. A OMS disse ainda que em 2030 o número de afetados poderia alcançar os 630 milhões.

A responsável do Departamento da Prevenção da Surdez da OMS, Shelly Chadha, afirmou em entrevista coletiva que um dos principais fatores que explicam o aumento de casos é o envelhecimento da população. Além disso, a médica afirmou que a persistência de determinadas infecções, o uso de remédios que danificam o ouvido e a exposição a sons fortes também estão entre os principais causadores da perda de audição no mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

maio 2022
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias

Fiéis revoltados

Um bom exemplo é o melhor sermão. Ouvir um sermão durante uma celebração do bispo diocesano de Caicó Dom Antônio Carlos é um exercício de

Leia Mais

Roendo unhas

Os servidores municipais de Caicó, estão ‘roendo unhas’ apreensivos sem saber quando irão receber o salário referente ao mês de dezembro. Tem unha na carne

Leia Mais