Oito cidades do RN correm risco de epidemia de dengue

A Tribuna do Norte também destaca que Oito municípios do Rio Grande do Norte correm risco de ter uma epidemia de dengue a qualquer momento e a pior situação é a de Campo Redondo, na região do Agreste, a 136 quilômetros de Natal. Com índice de infestação predial de 12,1%, Campo Redondo divide o quarto lugar com Cafarnaum/BA no ranking dos piores do Brasil. A informação é do Ministério da Saúde e consta de balanço divulgado ontem em Brasília. Este ano, o governo federal ampliou a pesquisa sobre a dengue e usou o LIRAa – Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti – realizado em 1.239 municípios. Campo Redondo só perde para Itabuna/BA, com 18,4, Emas/PB 14,1 e Calumbi/PE, 12,4.

Na lista de risco estão também Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Jardim do Seridó, Mossoró, Parelhas, Brejinho e Pau dos Ferros. Nestas cidades vivem 400 mil habitantes. O levantamento inclui em situação de alerta os municípios de Ceará-Mirim, Caicó, Cruzeta e Jaçanã. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, até o dia 6 de outubro, o Rio Grande do Norte havia notificado 31.548 casos suspeitos de dengue, dos quais 11.210  confirmados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias