Obras no calçadão de Ponta Negra, em Natal, dependem de perícia

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual e a Procuradoria do Estado do Rio Grande do Norte receberam os peritos da Universidade Federal (UFRN) e representantes da Prefeitura de Natal para discutir o estudo da orla da praia de Ponta Negra. A reunião foi realizada nesta segunda-feira (15), na sala de audiências das Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente. O estudo é decisivo para o início das obras emergenciais do passeio público.

A promotora do meio ambiente, Gilka da Mata, questionou se o município enviou aos peritos os estudos e dados técnicos da orla de Ponta Negra. O material será necessário para auxiliar e agilizar a conclusão da primeira perícia, a ser entregue em 20 dias. A equipe de peritos é formada por professores dos departamentos de Geografia, Geologia e Engenharia Civil da UFRN.

O estudo topográfico, em que são verificadas as medidas da área, realizado pela Prefeitura de Natal deverá ser entregue aos peritos. O laudo a ser elaborado utilizando estes dados, e a análise detalhada da orla, é uma exigência, para que a partir dele a obra emergencial do passeio público seja iniciada. O professor da UFRN Venerando Eustáquio Amaro, coordenador da perícia, garantiu que fará o estudo o mais rápido possível, podendo entregar o laudo em menos de 20 dias, prazo estipulado pelo MP.

“Vamos tentar usar o material que a Prefeitura irá nos fornecer, e já começaremos as vistorias na próxima quarta-feira”, garantiu o coordenador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias