O dia em que Itamar se preocupou com a Saúde de Caicó

220px ItamarFranco O dia em que Itamar se preocupou com a Saúde de CaicóUma reunião do então presidente Itamar Franco com seu ministro do Planejamento onde um posto de saúde em Caicó dominou o assunto, mostra a grandiosidade deste fantástico e incorruptível homem público. Vale a pena ler

REUNIÃO DO ENTÃO PRESIDENTE ITAMAR FRANCO COM SEU MINISTRO DO PLANEJAMENTO SOBRE O ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO

E o posto médico de Caicó?” Ainda hoje acho que deu pra notar a minha cara de absoluto espanto, sentado ali à mesa do Presidente da República, pela primeira vez na vida. Caicó?! O meu chefe e Ministro do Planejamento, eu era seu secretário executivo, me olhava entre inquisitorial e aflito. Caicó?!, ecoei. Fica no Rio Grande do Norte?

O Presidente Itamar Franco não se mexeu. À nossa frente, dois enormes calhamaços com o OGU, o Orçamento Geral da União, com seus bilhões de reais, os juros da dívida pública, a Previdência, a saúde e a educação do Brasil. Em resumo, tudo que o governo iria arrecadar e gastar país afora em uma ano! E o Presidente nos pergunta justo sobre um posto de saúde… em Caicó? Se ao menos fosse um hospital, pensei aflito.

Grave, o Presidente tornou a cobrar. “Sim, Sr. Secretário, Caicó, no Rio Grande do Norte, eu prometi ao povo de lá que faria o posto de saúde e ele tem que estar ai”. Caicó teve o seu posto de Saúde, claro. E eu comecei a conhecer a atenção do Presidente aos detalhes, que compunha a sua personalidade, formal, reservada e dada a gestos ora largos, ora de brava e intransigente defesa dos seus pontos de vista.
Esse périplo final, exclusivamente mineiro, talvez traduza a mágoa de quem se deu tanto e, ao seu juízo, não teve o devido reconhecimento dos seus pares e da opinião pública. É pacífico, porém, que o presidente Itamar Franco será lembrado com carinho por todos e com o respeito devido aos que, na vida pública, serviram o pais, sem dele servirem-se jamais.

Por Raul Jungmann ex-deputado federal, ex-ministro do governo FHC, presidente do PPS pernambucano e ex-secretário-geral do Ministério do Planejamento do governo Itamar Franco

4 respostas

  1. Caro Robson. Parabéns por esta postagem, além da coerência do seu comentário, pois este País com todos os seus estados e municípios, só será sério quando o povo não escolher seus governantes por simpatia e conchavos pré Eleitoral, digo pré eleitoreiros, e sim por seriedade e capacidade de administrar com dignidade e honestidade. Itamar honra os que pensam assim.

  2. Ele devia sentir vergonha de ter um amigo como o Sarney, mas era tão ético que não deixava transparecer sua indignação .

  3. Isso sim é ser um homem público. É honrar o compromisso. É a expressão maior do caráter e da retidão. Que sirva de exemplo para os corruptos e os oportunistas que acham que fazem política roubando os cofres públicos, procurando levar vantagem em tudo, trocando favores e ludibriando a boa fé dos verdadeiros brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Efeitos de uma crise cruel

O presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Guilherme Campos, disse nesta sexta-feira(16),que a empresa fará um plano de demissão voluntária como medida

Leia Mais

Vai ter bolo?

O PT completa 37 anos de fundação no próximo dia 10 de fevereiro, mas a celebração deve ser tímida. No site do PT os destaques

Leia Mais