O crepúsculo do governo de Michel Temer

344B8764 A6BF 446D AA1E B8579879CF4D e1538382418334 O crepúsculo do governo de Michel Temer

O crepúsculo do governo de Michel Temer transformou-se numa xepa. A turma da privataria quer apressar o leilão de 12 terminais de aeroportos. Temem que o novo governo paralise a transação. Deveriam temer o contrário.

Na área das agências reguladoras a liquidação adquiriu seu pior aspecto. Nomearam-se diretores com mandatos que se estenderão pela maior parte do governo do próximo presidente.

Isso seria, no mínimo, falta de educação.

Na Agência Nacional de Vigilância Sanitária, detonou-se o que havia de racionalidade na sua direção, e o presidente foi-se embora para a Organização Pan-Americana da Saúde. Para o lugar foi nomeado um diretor que, apesar de ser médico, celebrizou-se como deputado e prefeito de São Bernardo.

Na diretoria da Anvisa ficam agora um sobrinho do senador Eunício de Oliveira, um indicado por Romero Jucá, mais uma sumidade trazida por Paulo Maluf e, finalmente, um sábio que acumula parentescos, pois é primo do marqueteiro Elsinho Mouco e do ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Ajuste trabalhoso

Entra em vigor hoje a reforma trabalhista. Quem vê a economia como um jogo de soma zero, no qual capital e trabalho se digladiam para determinar

Leia Mais

Usurpação em Mossoró

Vereadores mossoroenses não gostaram da atitude do deputado estadual Souza Neto que divulgou ter conseguido a liberação dos recursos para a Liga Mossoroense de Combate

Leia Mais