O abono dos servidores de Natal

O abono dos dias paralisados e a retomada da mesa de negociação no dia 15 de março com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat). Estes foram dois pontos negociados pelo líder do prefeito na Câmara Municipal de Natal, Ney Lopes Jr., e pelo presidente da Câmara Municipal, Raniere Barbosa, com o prefeito Carlos Eduardo Alves.

Em reunião com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, os vereadores pontuaram para este novo momento da gestão e legislatura municipal para que ocorresse um novo canal de diálogo com os servidores.

A partir de agora as tratativas serão para anúncio do abono das faltas dos servidores que participaram da greve unificada que durou 80 dias e encerrou no dia 1° de fevereiro. Como também, em mesa de negociação, será acordado com a direção do Sinsenat um calendário de pagamento dos salários, diante da crise financeira e econômica enfrentada pelo município.

Uma resposta

  1. Veja bem o que está acontecendo com funcionalismo municipal de Natal,um maquiador que atrasa os SERVIDORES, que tem plano ou projeta ser candidato ao GOVERNO do RN, merece ser observado pelo funcionalismo de modo geral para depois ñ ter condições de voltar atrás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias