Novo ataque não foi terrorismo, foi um “crime passional”

ataque_al

“Quando um homem e uma mulher têm uma discussão, parte-se do princípio que se trata de um crime passional”, declarou um porta-voz da polícia à agência de notícias DPA. A imprensa local indicam que o agressor e a vítima mortal – uma mulher cuja identidade não foi revelada – se conheciam e trabalhavam no mesmo local.

O agressor detido é um refugiado sírio de 21 anos que requereu o estatuto de exilado na Alemanha e tem antecedentes criminais, segundo as autoridades. A polícia já descartou a hipótese de um “atentado terrorista” visto não haver até agora elementos que o confirmem.

Segundo o “Bild”, o agressor, que foi detido pela polícia, corria pelo centro da cidade empunhando um machete (faca de grandes dimensões) e atacou várias pessoas junto a uma loja de comida turca, provocando o pânico nos arredores. Ainda segundo a polícia, o ataque ocorreu a meio da tarde, e várias pessoas chamaram as autoridades, alertando terem visto um homem que lutava com uma mulher.

A mulher morreu, e o atacante feriu mais duas pessoas – um homem e uma outra mulher – minutos antes de ser detido pela polícia. “O suspeito é um dos requerentes de asilo provenientes da Síria”, indicou a polícia, que acredita, por enquanto, que o agressor agiu sozinho, e que é “altamente improvável” que haja perigo para a população de Reutlinger, localizada perto da cidade de Estugarda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

R$ 30 para ver Lula?

O evento de Lula em uma churrascaria de Feira de Santana, na manhã deste sábado, foi fechado para a imprensa que cobria a caravana do

Leia Mais