Penso, logo existo...

Trio que manteve reféns em banco em Canguaretama pode ter ligação com quadrilha de maior porte

presoscanguaretama Após a Polícia Militar negociar com êxito nesta segunda-feira (2) a rendição dos 3 bandidos que mantinham reféns cerca de 10 pessoas dentro de uma agência bancária no município de Canguaretama, a tarefa da Polícia Civil agora é investigar uma possível ligação do trio com uma quadrilha de maior porte especializada em assaltos a bancos. De acordo com a delegada da Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEICOR), Daniele Filgueira, o modus operandi dos criminosos levou a crer que eles já possuem experiência neste tipo de ação. “Eles foram extremamente organizados, quando souberam que a Polícia Militar tinha feito um cerco no banco eles se preocuparam em não deixar vestígios: quebraram celulares, destruíram os chips dos aparelhos e queimaram as identidades que estavam portando”, disse. Durante a operação foram presos Otoniel Nogueira de Carvalho, 43 anos, natural de São Paulo, ex detento, respondeu por assalto a banco; Levi Oliveira de Souza. 24 anos, natural da Paraíba; e Waymaer Menezes Fonseca Vieira, vulgo “Mineiro”, 24 anos, responde por homicídio e trafico de drogas em Minas Gerais. Com o trio foram apreendidos 5 revólveres calibre .38 todos municiados, 998 reais, telefones celulares e chips quebrados, além de 3 coletes balísticos.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *