Penso, logo existo...

Sindicato estica a corda e natalense vai iniciar a semana com greve de ônibus

A imagem promete se repetir nesta segunda-feira, 26.

Infelizmente, não houve entendimento entre as diretorias do SINTRO – Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Natal e do SETURN que tiveram reuniões durante o final de semana.

O que o SINTRO queria?

Pagamento do Plano de Saúde e vale-alimentação de R$ 200.

O que o SETURN propôs de volta?

Plano de saúde mais R$ 160 por mês, podendo esse valor ser revisado em janeiro com a recuperação do setor.

A principio proposta aceita pelo presidente em exercício, mas hoje a negociação voltou a estaca zero.

A palavra final do presidente Junior Rodoviário (PT) foi … não.

Significa dizer que apenas 40% da frota deverá funcionar amanhã.

O Seturn  deverá acionar o  SINTRO no Tribunal do Trabalho por descumprimento de determinação do próprio TRT.

A mudança de opinião e a intransigência reforçaram os rumores que a greve tem conotação política, uma vez que Junior Rodoviário é candidato a vereador e é acusado de usar o caos como fato novo na eleição municipal.

Enquanto isso, o programa do PT de Junior Rodoviário e do senador Jean Paul Prates foca sua propaganda em melhorias do transporte público, uma tarifa progressiva que chega à gratuidade com base numa frota elétrica.

Proposta com pouco crédito, mas o suficiente para ligar o caos ao sonho de qualquer usuário. Por mais ilusória que possa parecer…

TL


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *