Penso, logo existo...

Reforma dos militares: comissão rejeita destaque que teria impacto de R$ 130 bi

A comissão especial da Câmara que trata da reforma da Previdência dos militares rejeitou hoje um destaque apresentado ao texto original que estenderia o pagamento de uma gratificação a todos os militares que tivessem curso de formação e aprimoramento, e não apenas aos oficiais no topo da hierarquia. O impacto fiscal dessa proposta — apresentada pelo PSOL — seria de cerca de R$ 130 bilhões em dez anos. Após a rejeição do destaque, a sessão teve de ser interrompida porque um grupo que acompanhava os debates começou a protestar. Os policiais legislativos foram acionados e retiraram os manifestantes do local.

Comentar

  • Xerife,esse PSOL é um partido de canalhas mesmo, esses canalhas nunca se preocuparam com os militares,mas agora pra tentar desestabilizar a reforma da previdência, esses canalhas apresentam essa proposta, só pra tentar iludir os militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *