Penso, logo existo...

‘Qualquer hora pode morrer mais’, diz juiz sobre mortes em cadeias do RN

henriqueG1G1/RN – O juiz Henrique Baltazar, da vara de execuções penais de Natal, classificou como ‘absurdas’ as mortes dentro das unidades prisionais do Rio Grande do Norte. De janeiro até esta sexta-feira (16), 19 presos morreram dentro de presídios no estado. Destas, 17 foram registradas nos últimos dois meses. “A qualquer hora pode morrer mais um preso porque o Estado não tem controle alguma das unidades prisionais”, disse o magistrado. A última morte aconteceu nesta sexta na Penitenciária de Alcaçuz, a maior do estado. Nesta sexta (16), o corpo de Clésio Barbosa de Souza Oliveira, de 36 anos, foi encontrado pendurado em uma pilastras no pavilhão 4. “Ele estava aqui em Alcaçuz desde fevereiro deste ano. Tinha condenação de 17 anos e 4 meses de cadeia por porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e por facilitação de fuga”, disse Eider Pereira, diretor de Alcaçuz.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *