06/jun/2012

Profissão Repórter mostra o caos nos hospitais públicos do RN e destaca Caicó


Por Robson Pires, em

O retrato do caos no sistema de saúde pública do RN, mostrado pelo programa Profissão Repórter, da Rede Globo de Televisão, não deve ter pego nenhum potiguar de surpresa nem tampouco os caicoenses e moradores de mais de 20 cidades que gravitam em torno da capital do Seridó. Esse filme é antigo, mas logicamente, quando é levado ao ar em rede nacional, por uma TV com a audiência da Rede Globo, a repercussão é imediata e instantânea. O assunto dominou as redes sociais na noite deste dia 05 de junho.Os repórteres Paula Akemi, Eliane Scardovelli e Rafael Batista foram os profissionais que viajaram para Pau dos Ferros e Caicó

Caicó

Com uma câmera na mão e algumas roupas na mochila, a repórter Paula Akemi passou três dias no hospital de Caicó (RN). A situação por lá não é muito diferente da de Pau dos Ferros. O doutor Irami Araújo, ex-prefeito de Caicó, foi chamado de herói pelo repórter Caco Barcelos, e não foi a toa. Mesmo com um lado do corpo paralisado, por conta de um AVC, Irami atendeu cerca de 200 pessoas em um único dia.

UTI em Caicó é eufemismo

A repórter entrou naquela que seria a UTI do HRC. De cara, o médico a alertou que o local não tem respirador. Ele disse também que se o paciente precisar desse equipamento vai morrer. Tal situação, segundo o Ministério da Saúde, não caracteriza uma UTI, porém em uma sala ao lado, três equipamentos novos e modernos estavam parados por falta da capacitação técnica de profissionais para operá-los, além de faltar peças periféricas. O médico desabafou. “Por falta de condições básicas de funcionamento, muitas Marias, Joãos e Pedros já morreram e vão morrer a míngua no Hospital Regional de Caicó”. Apesar de ter sido exibida nesta terça, a reportagem foi gravada no início de maio.

Por V&C Artigos e Notícias – CLIQUE AQUI para rever a reportagem


5 Comentários

  1. Fátima Santos disse:

    A saúde pública no Brasil só melhora alguma coisa quando as exigências partirem do povão através de movimentos sociais de rua, imprensa e mesmo as redes sociais na internet. Se a sociedade quiser, podem ter certeza que almo de bom virá para os atendimentos SUS. Agora, difícil é esta sociedade se conscientizar de que tem tanto poder nas mãos e não sabe.

  2. cidadãos disse:

    nas filas dos hospitais gravados não vimos nenhum politico nas filas para serem atendidos ,sabem porque?? porque os mesmo tem os melhores planos de saúde pag
    os atravez de nós!!!! povo vamos acordar e saber dar-mos o troco a esses que eram para ser nossos defensores e no fim estão sendo a corda do nosso pescoço!!!!

  3. Iara disse:

    Cadê os “importantes políticos” dessa Região? Isso é uma vergonha… Certamente que vão continuar enganando os eleitores nas próximas campanhas…

  4. CAPITÃO DUREZA disse:

    ah besteira… faz uns 150 anos que é assim….
    se ninguém mudou, não vai ser agora que saiu na GLOBO, né?
    ah povim mais bunda esse nosso…. naaaammmmmmm

  5. jose aprigio de medeiros disse:

    Concordo quando alguem comentando o assunto taxou a população de povim. E vêjam vocês até quando vamos sermos taxados assim ? Acho que para sempre. É só ver quantos candidatos à prefeito agora em 2012, se orgulham de serem apoiados pela atual governadora do RN ? É uma pena, porque todas as bolas cairão na rêde de desgovernos antigos. Vêjam o caso de S Matos.

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930