Penso, logo existo...

Presos suspeitos de usar seita para mutilar crianças

A Polícia Civil de Petrópolis, na região Serrana do Rio, prendeu 11 pessoas na manhã dessa sexta-feira (5) acusadas de envolvimento em uma seita religiosa que mutilava crianças e cometia crimes, como de estelionato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As informações são do G1. Quatro mulheres e sete homens foram encontrados no bairro Itaguaí, no Rio de Janeiro. Eles foram encaminhados para a 105ª Delegacia de Polícia, no bairro Retiro. De acordo com o portal, a 1ª Vara Criminal de Petrópolis expediu 15 mandados de prisão para os suspeitos, além de cumprimento de busca e apreensão no endereço dos denunciados em Itaguaí, onde funcionava a seita religiosa utilizada para a prática dos crimes, segundo a Polícia Civil. Quatro pessoas eram procuradas pela polícia na noite dessa sexta-feira (5). IMG_2372

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *