09/jan/2020

Prefeitura instala Gabinete de Crise e toma providências sobre alagamentos em Natal


Por Robson Pires, em

Por causa das fortes chuvas que caíram na madrugada e na manhã desta quinta-feira (09.01), em Natal, o prefeito Álvaro Dias convocou uma reunião com representantes de diversas secretarias municipais e acionou o Plano de Contingenciamento Municipal, além de instalar o Gabinete de Crise. Na ocasião, os representantes das pastas fizeram um balanço da situação e relataram providências para minorar os transtornos que as chuvas causaram na cidade.

Foram mapeados 22 pontos de alagamentos na cidade, a maioria causada por obstrução de galerias. “Formei uma comissão permanente para acompanhar os pontos cruciais causados pelas chuvas. No período da tarde, vamos visitar esses pontos. Já iniciamos a limpeza de várias galerias e o aterramento da rua Bariri, no conjunto Gramoré. Pedimos a colaboração da população para não jogar lixo nas vias públicas”, informou Álvaro Dias.

O prefeito disse, ainda, que as fortes chuvas não estavam previstas para o período, uma vez que são esperados 60 milímetros no mês de janeiro e choveu 115 milímetros em 24 horas: “Fomos pegos de surpresa, mas já caímos em campo e estamos tomando as providências necessárias para mitigar os transtornos causados”. Participaram da reunião representantes das secretarias de Serviços Urbanos, Segurança Pública e Defesa Social, Trabalho e Assistência Social, Defesa Civil Municipal e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

Os pontos mais delicados se encontram na rua Bariri, no Gramoré; na rua Dr. Euclides da Cunha, no bairro Pitimbu, e no Baldo, onde o muro da Cosern desabou. A Defesa Civil quadruplicou o efetivo do plantão. Ao invés de uma, agora são quatro equipes que estão nas ruas durante o dia e serão mantidas à noite e na madrugada.

 

De acordo com o secretário de Obras e Infraestrutura, Tomaz Neto, das 23 lagoas com sistema de bombeamento na capital, apenas duas transbordaram, sendo uma no conjunto Santarém, por causa de um curto-circuito, e a outra na Cidade da Esperança. “De uma maneira geral, tem muito lixo nas galerias. Há metralha também. A construtora está aterrando o buraco na rua Bariri, no Gramoré, e também no Pitimbu”, ressaltou o secretário.

 

O cidadão que quiser solicitar a intervenção da Defesa Civil, deve ligar para o número 190, no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde há agentes para direcionar a ocorrência ou através do telefone direto da equipe de plantão (84) 98827 3714. A Defesa Civil atua com foco em ações preventivas, de socorro e de assistência em casos de desastres naturais com intuito de evitar ou minimizar danos à população e preservar vidas.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930