Penso, logo existo...

Possível “vitimização” de Dilma não convencerá senadores, diz Agripino

Agripino_entrevista_coletiva (2) Na semana em que o Senado fará o julgamento final do processo de impeachment de  Dilma Rousseff, o  presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), aposta na repetição do placar da votação que aprovou o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), quando foram 59 votos a favor e 21 contra . “Menos de 59 votos certamente não haverá. Poderá haver um ou dois votos a mais. Já são nove meses de intensa discussão, um longuíssimo debate, com todos os elementos muito conhecidos, tanto da defesa quanto da acusação”, ressaltou.  “Não creio que ela tenha elementos jurídicos suficientes para reverter votos”, acrescentou. De acordo com o senador potiguar, uma possível “vitimização” por parte de Dilma Rousseff não irá convencer os senadores, nem os brasileiros.  “Se o povo entendesse que Dilma ainda tem algo a oferecer, a vitimização poderia até funcionar, mas o país, sob seu comando, estava entregue à própria sorte”, criticou. “O Brasil entende que, se Dilma retornasse, voltaríamos à escala decrescente que nos encontrávamos. Por essa razão, a prática da vitimologia não adiantará em nada”, destacou.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *