13/out/2019

Políticos sem mandato miram altos salários da burocracia do MDB


Por Robson Pires, em

Cargos com altos salários da burocracia do MDB estão sendo disputados por políticos que ficaram sem mandato em 2018.

Dois cargos da cúpula da Fundação Ulysses Guimarães, o centro de estudos do MDB, estão na mira: o de secretário-executivo, ocupado pelo ex-presidente do Conselho Nacional do Sesi João Henrique de Almeida Souza, amigo de Michel Temer, e o de Chico Donato, diretor-adjunto, que foi derrotado na eleição do Espírito Santo.

Os dois têm salários acima de R$ 20 mil. Nada perto dos vencimentos de um deputado ou de um senador, mas interessantes para quem ficou na chuva.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Sábado, 22 de Fevereiro de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829