Penso, logo existo...

PMDB no Senado quer substituir Temer no comando da legenda

temer reforma Lideranças do PMDB no Senado não gostaram do adiamento, de novembro próximo para março de 2016, do congresso que poderia consolidar a saída da legenda da base de apoio ao governo Dilma Rousseff. Com a mudança de data, segundo reportagem publicada hoje (25) no jornal O Estado de S. Paulo, senadores peemedebistas já defendem nos bastidores a substituição do vice-presidente da República, Michel Temer, no comando do partido. Ligado à bancada da Câmara, Temer é presidente do PMDB desde 2001, e foi reconduzido ao posto em 2013. A longevidade do comando é contestada por senadores descontentes com os rumos do partido. Para eles, faz-se necessário um rodízio na cúpula, o que poderia levar à mudança de relacionamento com o governo, lembra a reportagem.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *