Penso, logo existo...

Pesquisa: 30% das mães acreditam que os filhos são discriminados por não terem os mesmos produtos dos colegas

compra compulsivaSe cuidar da educação financeira já é uma lição de casa difícil para os adultos, quando o orçamento mais apertado atinge o consumismo dos seus filhos e a imagem deles na escola, fica ainda pior. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que 30% das mães entrevistadas acreditam que seus filhos já sofreram discriminações por não terem os mesmos produtos dos colegas. Esta situação, no entanto, não ocorre em segmentos específicos da população. “É um aspecto que transita em todas as classes sociais e faixas etárias, sem diferença estatística”, diz a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. “Não importa a idade da criança ou adolescente, e nem se ele pertence à classe A ou C, no colégio sempre existe alguma modinha de produtos específicos, e o aluno que não tiver pode vir a ser discriminado”, analisa.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *