Penso, logo existo...

Pedido de impeachment de Lewandowski

Anúncios
Ricardo Lewandowski
Ricardo Lewandowski
Com base nas informações de que o ministro Ricardo Lewandowski, que preside o Supremo e presidiu o julgamento de Dilma, participou das tratativas de bastidores que resultaram no fatiamento do julgamento — distinguindo a perda do mandato da inabilitação —, o Movimento Brasil Livre vai entrar com uma denúncia contra o ministro no Senado, pedindo o seu impeachment, conforme prevê a Alínea 5 do Artigo 39 da Lei 1.079, que prevê essa pena para o titular da Corte que “proceder de modo incompatível com a honra dignidade e decoro de suas funções”. O fatiamento é inconstitucional; viola o Parágrafo Único do Artigo 52 da Constituição.
 Se Lewandowski participou dessas conversas de bastidores, é claro que pode ser impichado.
A denúncia tem de ser oferecida ao Senado. Segundo o Regimento Interno, a decisão inicial cabe soberanamente ao presidente da Casa. É ele quem põe a questão para tramitar ou quem decide arquivar. O presidente do Senado é Renan Calheiros (PMDB-AL), que, segundo as reportagens, participou ativamente da articulação. Por isso, o MBL estuda também uma maneira de pedir a suspeição de Renan para cuidar desse caso.

Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *