21/jun/2016

‘Não queremos trocar seis por meia dúzia’ diz Marina sobre PMDB e PT


Por Robson Pires, em

Marina01

A ex-senadora e ex-candidata à Presidência Marina Silva voltou a defender a cassação da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para ela, um governo do PMDB para substituir o do PT “seria trocar seis por meia dúzia” já que os dois partidos têm nomes implicados na Operação Lava-Jato. Ela participou do programa “Roda Viva”, da TV Cultura nesta segunda-feira.

— O impeachment alcança a legalidade, mas não alcança a finalidade. Se a finalidade é passar o Brasil a limpo com certeza não será o PMDB e o presidente Michel Temer que farão essa finalidade. O PT e o PMDB praticaram juntos em relação às diretorias da Petrobras. Segundo as investigações, havia até uma coordenação de propina para que houvesse equilíbrio na distribuição. A Lava-Jato já derrubou três ministros. O melhor caminho é do TSE porque cumpre com a legalidade e alcança a finalidade. Não queremos trocar seis por meia dúzia. Queremos resolver o problema do país.


3 Comentários

  1. Luciana disse:

    e Ela é mais do mesmo

  2. cafuné disse:

    Olha mesmo…o sujo querendo ser mal lavado!

  3. chagas disse:

    Marina não autonomia e nem preparo técnico e intelectual para comandar uma nação, ela só saiu do pt por expulsão do partido, ela é fraca , dependente e sem rumo e prumo nas decisões, ela é o plano b do pt e seu bando de assaltantes e delinquentes, perdão , a referida não tem faro e nem tino de comando politico.

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Sexta, 10 de Julho de 2020


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031