03/mar/2017

Mulher tem as mãos ‘decepadas’


Por Robson Pires, em

mãos

Aos 42 anos, Simone Butler segue uma rotina de pequenas vitórias, que ainda não incluem o manejo de chaves ou o simplório prazer de pegar uma moeda achada no chão.

Mas não se ouve dela qualquer tipo de recriminação. Na verdade, Simone fez questão de contar ao mundo a tenebrosa experiência pela qual passou, em 2003: ela teve as mãos decepadas após um ataque de seu então namorado com uma espada de samurai.

O caso se tornou um símbolo da luta contra a violência doméstica na Nova Zelândia. Simone teve os braços reimplantados e passou por anos de fisioterapia e apoio psicológico como parte do processo de recuperação. E, há dois anos, escreveu um livro para relatar a experiência.

Infelizmente, Renee Gumbie, uma amiga de Simone também atacada, não teve a mesma sorte e perdeu a mão esquerda.

O agressor, Antonie Dixon, era usuário de drogas e, no dia do ataque, tinha consumido metanfetaminas. Além de mutilar as duas mulheres, ele ainda matou um homem a tiros em um posto de gasolina e fez um refém, antes de ser preso.

mãos decepadas


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!

Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00
Sexta, 13 de Dezembro de 2019


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!





Calendário

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031